domingo, 9 de março de 2008

Pagando para ver?

"Pagar para ver" é um termo que vem dos jogos de azar - definidos pela Wikipedia como "jogos nos quais a possibilidade de ganhar ou perder não dependem da habilidade do jogador, mas sim exclusivamente do azar do apostador, encabeçando essa categoria temos a roleta."

Podemos chamar de "roleta russa" a tendência de contratar os tradutores que oferecem o preço mais baixo, em vez de verificar, primeiro, se todos os concorrentes têm as mesmas qualificações.

O verdadeiro "azar" vem quando a tradução arranha a imagem do cliente, fazendo que, em muitos casos, este perca dinheiro também. É o caso da revista que visa atrair turistas afrodescendentes dos Estados Unidos com uma capa que utiliza o termo "negro", com "n" minúsculo, para se referir à raça negra em inglês. Este termo, que, para começar, é sempre utilizado com "n" maiúsculo, é mais do que ultrapassado. Deixou de ser utilizado nos EUA na década de 60. Antes um termo neutro, passou a ser considerado pejorativo.

Em outras palavras, a revista que pretendia atrair o turista afro-americano - que prefere ser chamado de "African American", com toda razão - acabou por ofendê-lo. Só porque "apostou" no tradutor errado.

Nenhum comentário: